Reflexão em Essência Compartilhada

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Suavemente

É tão bom olhar hoje pra meus escritos e gostar deles.
Diogo!
Orpheus,Edson, Lualva,Inês e Andrea:
eu já tenho um legado.!
Achava que tinha somente um amor que é meu par e dois filhos...mas tenho muito
mais que isso:tenho a mim mesma e minhas poesia.

Suavemente
Vira de um lado pro outro e se ajeita gostosamente, fica assim aninhando em si mesmo.
Pega o pequeno travesseiro azul e o coloca bem pertinho do peito e abraça carinhosamente.
A sensação é inexplicavelmente boa e é uma sensação de que nunca saíra dessa posição..
As pernas encolhidas, o corpo encurvado, cabeça inclinada e os olhos bem fechados apertados.
A mente apenas faz com que os pensamentos flutuem e o levem até onde deseja ir a estar.
O infinito é azul , as nuvens se movem bem lentamente uma após outra ,
o mar está calmo , as ondas alternam-se uma após a outra .
Suspira de encantamentos vistos e sentidos.
Não pensa em nada apenas deixa-se ficar assim gostosamente como esta.
Até que sente uma luz forte sobre a face, fecha ainda mais os olhos apertando.
Sente uma brisa que toca sua face levemente, encolhe-se mais.
Não adianta relutar tem que abrir os olhos
e ao fazê-lo depara com ela
que com os olhos cheios de amor o contempla , sorrindo e
já havia aberto as janelas e puxado as cortinas.
Suavemente estende os braços puxa o travesseiro azul e joga ao canto ...então... o abraça gostoso tomando assim o lugar que é seu.

Catiaho 14/11/07 22.34

Pesquisar este blog

Share |