Reflexão em Essência Compartilhada

quarta-feira, 12 de março de 2008

Invisibilidade / Assumo

Invisibilidade

Noite densa
Nuvens escuras
Raio no céu
Vento gelado

Gente fria
Cara feia
Coração traçado
Alma esfumaçada

O tempo passa dia a dia
O céu clareia
A chuva cai
A brisa leva as nuvens

Sentimentos egoístas
Gente solitária
Sem esperança em nada
Amargurados de alma
Reflexo d’Alma


Assumo
Assumo meu grito
Me assumo quanto gente
Gente que pensa
Gente ama e sente
Assumo e sinto
Que dizendo sobrevivo
Espalho um pouco de mim
Por onde meu grito alcança
Assumo a autoria de mim mesma
Reflexo d’Alma

Pesquisar este blog

Share |