Reflexão em Essência Compartilhada

sábado, 17 de outubro de 2009

Extremos do recomeço

Tão salutar acordar e esticar braços e pernas ,alongar todo corpo até que que sinta um pouco do que Artaud diz :o corpo se espalhar em mil pedaços diversos....
Sentir a vida retomando ás entranhas é um pouco desse esticar maravilhoso.
Junto com ele vem a vontade de soltar o espreguiçar guardado junto com o quase gritar.
Então assim a vida parece se renovando enquanto os pedaços espalhados buscam o caminho de volta ao corpo, o quase grito com o total esticar segue em direção a mundo
que espera ali
bem aos pés da cama...
e a vida segue como diz a canção
" Tudo Novo de Novo"
Catiaho Alcantara11131171009

Pesquisar este blog

Share |