Reflexão em Essência Compartilhada

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Ousada ou abusada mas nua

Parece tão louca não importa não ser inocente.
Não finge apenas de dá ao prazer de ser quem é...
Não me de palavras
muito menos pensa no depois.
No que tange sentimento não escolhe momento,
envolve-se, deixa-se embolar
apenas pela troca,
pelo gosto do desejo.
Ousada por não saber o que vem a ser preconceito,
abusada por deixar-se ver
de todas as formas,
a rua quando caminha parece ser só sua...
não liga a mínima
pro julgamento alheio.
Sorriso aberto,
mente em pleno e constante devaneio...
Olhando as estrelas sobre o brilho da lua
não importa deixar-se ver
assim
Ousada ... Abusada ?
Diante do mar só se importa
estar em
reverência livre ...
ainda que em pelo nua....
Reflexo d’Alma

Pesquisar este blog

Share |