Reflexão em Essência Compartilhada

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Conivência e Cumplicidade‏

Sobre a poltrona ;
inertes as vestes; 
quietas, não largadas;
porém sobrepostas cuidadosamente,

aguardam.
No chão os calçados são como se rissem uma felicidade desordenada,

cada qual, em separado de seu par.
Um vento suave gelando a pele suada, antes quente.

As paredes refletindo cores quentes, 
o toque suave de sol que se depõe e aos poucos desvanecerá perdendo os tons alaranjados. 
O som de água sendo movida se faz ouvir alternada de risos e gargalhadas, os olhares brincam, as mãos descobrem, as mentes passeiam...
Tudo ali é conivência e cumplicidade, 

harmonia e alegria...
 e assim cessados os ruídos,
 as gargalhadas aumentam,
e logo pelo espaço
as duas crianças surgem correndo com a toalha na mão
enquanto atrás, a mulher desesperada tenta detê-los.
 Pois para alívio dela 

a hora do banho acabara em fim.
Reflexo d' Alma
*Confiram mais textos do Parceria e Poesia http://parceriaepoesia.blogspot.com/


Pesquisar este blog

Share |