Reflexão em Essência Compartilhada

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Vociferação

Voz abafada pelo medo
Som modificado pelo vento
Imagens misturadas no gueto
Parece tudo tão confuso


Depende do como se olha
Da perspectiva do ser
Olhando a flor que desfolha
Parece que nunca vida ali se deu

E quem vê o homem ali sentado
Não o pensa um dia armado
Prefere sonhar que  fora um dia
Aquele amado plebeu

Hoje descansa  ali sem razão
Parece  aquele que perdeu toda emoção
As mãos outrora sujas de sangue
Agora tão brancas
Parecem  até santas

E o homem sentado se deixa inerte
Não levanta nenhuma suspeita
Do que pervertera
E da guerra que dentro se deu

Deseja morrer nessa hora
Espera que a sina o leve
Não fala,mas ouve e só fica
Deixando que o observem
Que dele tenham  alguma pena
Pois até então nem conta de si  deu...




Reflexo d' Alma 08/01/010 sexta as 0520 hs

 depois de passar a noite imersa nas imagens do trabalho de um artista que  sua obra consegue  arrebatar-me os sentidos com suas formas cores e nuances...

Pesquisar este blog

Share |