Reflexão em Essência Compartilhada

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Me sinto

Me sinto flor arrancada pela raiz
Assim solta, suspensa.
Mas assim mantida ainda na terra meio que disfarsando.
Só eu flor sei que estou assim suspensa, solta.
Se o vento vier com força me leva.
Por isso preciso que flor seque
Pra que as sementes possam voar com o vento
E espalharem-se por toda parte.
Dessa e so dessa forma
Sei que não morrerei seca sem agua e nutrientes
Por isso me mantenho ali firme, linda.
Não sei se o jardineiro que todos os dias me cerca de cuidados sabe
Porque vem, afofa ainda mais a terra
Me diz palavras doces e ternas,
Mas nada faz que prenda minhas raízes novamente
Isso já tem um tempo
Já penso que é um tipo de cúmplice que sabe minha sina.
Dessa forma já me mostrei aos que passam
Agora em pleno vigor espero secar
Mas quero me espalhar logo,
Quero ir com o ventoDesejo encontrar novamente a terra
Que me segure, me prenda, me alimente
Enquanto isso fico assim aguardando...
Solta...suspensa....
Reflexo d’Alma 20/12/07

Pesquisar este blog

Share |