Reflexão em Essência Compartilhada

terça-feira, 24 de março de 2009

Fragmentos de um Ser

Fragmentos de um Ser
Hoje são tantos cacos,
pedacinhos bem pequenos...
e ainda assim não chegam nem perto
da forma que alma exposta
se mostra e se guarda, pois la na alma
onde ninguém vê,
sente...
la apenas fragmentos
mínimos,
minúsculos...
Invisíveis pra todos que
cercam esse ser que
apesar
de decomposto
exposto
ainda é que a dor corte a face
suprima o sorriso,
deselumine os olhos
rodeado de tanta gente
segue assim

e absolutamente
INVISÍVEL...
mas ninguem liga...
que importa?
A vida deve seguir sempre.
Catiaho Alcantara/ Reflexo d' Alma






Só e chove
Chove dentro do peito,
sentimentos tantos ...
La fora também ...
a água que bate na janela escorre...
segue seu rumo...não volta...
Mas dentro do peito
tudo há primeiro se ser sentido...contido
até que lagrimas se tornem
E também escorram face a baixo...
Logo não restará marcas
nem dentro nem fora.
Assim a vida segue....
Catiaho Alcantara/ Reflexo d’Alma

Pesquisar este blog

Share |