Reflexão em Essência Compartilhada

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Saltando no Vazio




Enquanto os renovos não vinham é certo que alge acontecia.
Que o fulgor e a vivacidade refletiam de tal forma que viver era so viver.
Perceber não fazia muita parte...
Quando a constatação de que a fase mudaria como a lua faz de tempo em tempo
chegou então a expiação se tornou claramente necessária.
Foi assim que me senti a algumas semanas atrás.
Nada de infelicidade ou insatisfação.
Apenas o desejo de prosseguir com a mesma efervecência de sempre.
Decidi dedicar um tempo a reflexão, ao silêncio interno e externo e o afastamento do movimento geral e foi maravilhoso me sentir.
De fato me vi aquela árvore do texto anterior...observando as folhas caindo uma a uma,depois ouvi a mim mesma e busquei ver-me, isso foi extraordinário.
De tudo que me acorre me "deixei saltar no vazio"como diz Edson Marques ...
me diverti com a família em um parque de diversões como nunca havia feito,maravilhosa a sensação de entrar em um brinquedo daquele sem vontade de voltar atrás.
Adorei a sensação não de liberdade mas de novidade e de adrenalina queimando...a palavra é sentimento de renovação interna, desde o silêncio tenho estado pronta pra me divertir e seguir sendo feliz como sempre.
Sou uma mulher felizarda ;reconheço , agora sim posso quebrar o silêncio e seguir adiante agora fazendo todo barulho de sempre e se puder até mais...

Pesquisar este blog

Share |