Reflexão em Essência Compartilhada

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Esse é um blog exclusivamente de poesia,porém o silvio do Palhaço Poeta postou algo que me moveu de dentro pra fora,sendo assim tendo o tamanho certinho desse espaço,, post o comentario que o texto fez fluir...o texto em questão esta aqui : http://palhacopoeta.blogspot.com/2010/10/poeta-eu.html

Sabe... entendo que quem nasce poeta, já nasce sendo. hoje falava com meu filho e com meu marido sobre arte. Meu filho músico,meu marido ator em essência e diretor de teatro por oficio, eu poeta. Meu filho disse que prefere ser prático.O marido disse que prefere ser objetivo, sem rodeios. Eu disse:Pois bem cada um com sua arte, eu não consigo apreciar uma obra de arte junto ao seu pai,ele é técnico vê detalhes,registra fallhas,tem pressa e quer perfeição. Você quer resultados e reconhecimento. Eu...desejo apenas perceber as nuances, sentir o momento e me por a descrevê-lo. Somos parte do universo...e não troco meu tempo diante de uma tela por nenhum conceito que tenha que ser emitido. Que será então ser poeta? Meu marido quando quer me afrontar diz que não é poeta,mas sim tem lampejos poeticos.Não tenha a menor duvida que é ponto de atrito entre nós.Todos querem ser colunistas,jornalistas ,escritores.Gera status...mas poeta? Por tudo isso Palhaço Poeta,nessa quinta estive aqui e disse que voce escreve belamente de forma metafórica... confesso que ainda não li seu texto da forma que ele merece ser lido.Mas deixo aqui minhas primeiras impressôes ...quero tentar olhar na direção certa... depois da correria,de volta a Pasargada volto nesse post. 
Reflexo d'Alma Bjins entre sonhos e delírios

Pesquisar este blog

Share |