Reflexão em Essência Compartilhada

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Muitas vezes



Viver poesia é algo tão simples
Bastar fechar os olhos e sonhar
Outras vezes basta abrir os braços
E viver


Mas tem gente tão complicada
Precisa de sofrimento
Duvidas culpas  perdões
E amarras


Mas  vejo a vida assim não
Preciso de nada disso não
Necessito só viver 
Em paz


Mas primeiro paz comigo
Depois com o outro
Respiro melhor assim
E prossigo


Mas não vivo sozinha no mundo
A vida com paz não depende somente de mim
Ser feliz  e viver me é simples assim
Pura poesia


Catiaho Reflexo d'Alma 23:04 2204011


Pesquisar este blog

Share |