Reflexão em Essência Compartilhada

domingo, 29 de julho de 2012

Saudades de ti Anndre e Saudades da família que escolhi pra Amar dedico a voces esse Poema que tanto me diz...Anndre o primeiro Ser que de fato meu amigo foi... tanto tempo depois ainda sinto prazer na solidão, é tudo tão igual sete anos depois... até aprendi a viver só e já nem doi tanto a indiferença dos que me cercam... A saudade boa me faz oferecer essa musica que adoro e esse poema a vocês.



Fotografia

Leoni

Hoje o mar faz onda feito criança
No balanço calmo a gente descansa
Nessas horas dorme longe a lembrança
De ser feliz

Quando a tarde toma a gente nos braços
Sopra um vento que dissolve o cansaço
É o avesso do esforço que eu faço
Pra ser feliz

O que vai ficar na fotografia
São os laços invisíveis que havia

As cores, figuras, motivos
O sol passando sobre os amigos
Histórias, bebidas, sorrisos
E afeto em frente ao mar.

Quando as sombras vão ficando compridas
Enchendo a casa de silêncio e preguiça
Nessas horas é que Deus deixa pistas
Pra eu ser feliz

E quando o dia não passar de um retrato
Colorindo de saudade o meu quarto
Só aí vou ter certeza de fato
Que eu fui feliz

O que vai ficar na fotografia
São os laços invisíveis que havia

As cores, figuras, motivos
O sol passando sobre os amigos
Histórias, bebidas, sorrisos
E afeto em frente ao mar.



Há um pouco sempre
Há um pouco de mim espalhado por ai.
Mas há muito de vocês na mulher que sou hoje.
Minhas atitudes tem a marca de suas irreverências
no viver.
Ainda que não se vejam assim.
O meu brilho tem o brilho que vejo nos  olhos voces.
Engraçado que acho que nem sabem disso.
Mas sou como sempre deveria ter sido
Sigo por caminhos que nem sabem
Mas seguem deixando  trilha pra que eu seguisse.
Há muito de vocês sempre no aroma que me segue.
Mas engraçado é que nem sei que perfume usam,
Só sei que é a essência de cada um que sinto.
Sou quem sempre quis ser
E que nunca ousei me imaginar sendo.
Há muito, mas muito de vocês em tudo que penso:
Nas idéias que assimilo,
Nos projetos que idealizo.
Vocês mesmo nem imaginam isso.
Pensam que nem sequer passam no meu caminho
Porém a verdade é que nossas linhas seguem paralelas...
Percebendo e vendo o outros sempre.
Há um pouco de mim espalhado por ai;
E há muito de vocês em mim com certeza.
Sou um pouco de vocês em tudo
Sempre.

Esse poema dedico a um amigo de sete anos  passados
e dedido a familia que escolhi para amar:
Anndre é uma pessoa que viveu
um momento especial comigo
e que um dia me viu como sou,
foi embora fugindo mas voltou,
e hoje nos projetamos alem de nós mesmos
espalhando nossa arte.Cada um na sua área
mas sempre com o olhar fixo um no outro.
Ja a família que escolhi pra amar dedico com carinho,
pois me fazem crescer como Ser Hu mano
dia a dia. Pasargada 29 de julho 2012 2327


Amo essa foto de 2007 que tenho




Amo esse momento lindo e especial em família! Catia Helena 31para 01/2012

Pesquisar este blog

Share |