Reflexão em Essência Compartilhada

sábado, 1 de março de 2008

Orvalho da Noite

O orvalho da noite cai gota a gota sobre as folhas,
sobre as plantas e sobre tudo.
Logo quando vai descendo deve ter uma temperatura diferente da que chega.
Se instala onde se fixa e ganha a temperatura da noite.
Transforma-se em pequenas gotas,
Muitas pequeninas gotas espalham-se
E logo cedo é lindo -las ali nas folhas,
sobre os carros , em toda parte.
Espalham-se e aos poucos vão su-min-do.
Ora porque pessoas cuidam disso
Ora porque a natureza seu trabalho faz
Nas folhas ela simplesmente desaparecem.
Bela lição para nós seres hu- manos
Podemos espalhar palavras como gotas de balsamo
Que podem curar e amenizar tantas dores e odores
Palavras são gotas ben-ditas
Que transformam seres em pessoas
Que sentem e,que amam.
E que passam adiante essa sabedoria de viver.
Diferente do orvalho da noite
Palavras podem ser espalhadas a todos instante
Sobre todas a gentes
Bendito Orvalho da Vida
Chamado Palavras
Palavras em Poesia

Catiaho Alcantara 01.19

Pesquisar este blog

Share |