Reflexão em Essência Compartilhada

sexta-feira, 28 de maio de 2010

No Rumo

 Poema do meu livro reflexo d' Alma

lançado em janeiro de  010 e  no momento 
egostado aguardando a segunda edição.
                                                                                            No rumo

Das folhas soltas
 Viaja meu pensamento
      Quem
 me dera que um vento forte
Levasse-me nesse momento.
Tenho vontade de ir
Seguir e não voltar mais
Confesso que já não agüento Esperar pelos dias finais.
Sou uma presa da vida
Que sempre me diz o que fazer
Sou livre por natureza
Que me ensina a me refazer
Espero que o vento no rosto.
Traga-me um frescor sem igual.
Liberdade! 
Liberdade!
Vem correndo... 
meu futuro é teu sinal.
Catiaho Alcantara 

Pesquisar este blog

Share |