Reflexão em Essência Compartilhada

terça-feira, 15 de junho de 2010

Divagação

A mente tão louca se nega.
O senso tão censo renega.
A razão nessa hora se apega.

Há o grito que já se perdeu.
Bem como a vontade desapareceu.
Nem mais sabe como tudo se deu.

Se foi a vida que enquadrou
Ou se a responsabilidade que feneceu.
Talvez do sonho só reste acordar

Vida que conduz a um quase nada.
Responsabilidade que hoje só somada;
Ou então pesadelo que desaguou

Nessa hora tudo fica tão finito.
O céu tão longe ...infinito
E a vontade de nada ouvi ter dito.

Catiaho Alcantara

Pesquisar este blog

Share |