Reflexão em Essência Compartilhada

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Quisera...só quisera...mas não quer mais.

Quisera fazer o certo, 
mas não pensar antes de agir.
Quisera aos gritos a rua sair
sem nada vestir.
Quisera ser grata,
e casta
capaz de tudo calada ouvir.


Quisera, mas não é mais possível
 e o horizonte seu sorriso abriu.
Quisera fazer que não vê ;
mas os olhos  pra vida abri.
Quisera pagar na mesma moeda,
sorrir com ironia
e em frente seguir.


Quisera, só por hoje 
nada sentir.
Quisera em gelo o coração 
partido sentir.
Quisera  tudo isso...
mas em fogo de cólera,decepção,ilusão;
lindos sonhos por nada em vão a se diluir .


Quisera,
 não quer mais.
Quisera querer,
também não quer mais.
Quisera poder querer,
não pode mais.
Quisera só por hoje não sofrer,
mas  de si não 
depende ...não mais.
Quisera...quisera...
apenas
 quisera...
Reflexo d'Alma hoje sem sonhos nem delírios

A musica não tem nada a ver com o poema ou como
me sinto ,porem taxada de contradição,sem problema assumo
 a letra é linda.


Quisera Eu

Zélia Duncan

Composição: Lulu Santos - Zélia Duncan
Quisera eu
Ser a primavera
A boa-nova
Os sabores da vida
Dentro da sua tigela colorida
De tons incomuns
E colorir um a um
Os seus momentos nus
Queria ser
Quem você quisesse ver
Te dar bom dia antes do sol
E sem te acordar, mergulhar
Debaixo do seu lençol
Quisera eu, como eu queria
Saber que você me espera
Na próxima esquina
Pra irmos pra casa.


Pesquisar este blog

Share |