Reflexão em Essência Compartilhada

segunda-feira, 7 de março de 2011

IN SA NI DA DE



Confesso  que amo
Que desejo que quero
e que luto contra tudo isso...


Preferia ser normal
me contentar com o que
de bom já tenho á mão.


Lamento de verdade
não ser assim
e desejar mais.


Quero o fruto proibido
A maça mais alta
e desejo mais insano saciado.


Não tenho remorsos,
nasci sem isso.
Apenas quero e desejo.


Se certo ou errado?
Não vou ficar pra saber
Porque a entrega se faz no agora,


Se é meu, sou sua
Nada há que  regule isso, pois
quem espera faz hora; nos :
fazemos.


Reflexo entre delírios e delirios 1748 de 0703011

Pesquisar este blog

Share |