Reflexão em Essência Compartilhada

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Liberdade é isso e nada mais!

Liberdade é isso é nada mais

Liberdade é isso nada mais
Hoje senti o vento tocar minha face,
Primeiro de leve como uma carinho;
depois um pouco mais forte como um toque
e que ficou ainda mais intenso parecendo um açoite.
Mas meu peito ardia de tanto sentimento de liberdade
ainda que minha face sangrasse não me faria mal algum.
Vejo a liberdade assim.
Como algo que chega e toma a proporção que quiser
e sempre nos embala e nos remete a sentimentos de pura legitimidade.
Hoje naqueles momentos senti-me livre.
Senti que nada ,


nem ninguém tinham domínio sobre meu ser.
Sobre:Ser quem souSer o que sou
Ser quem eu quiser ser
Ser na hora que quiser ser
Ser de quem eu decidir pertencer.
Liberdade é assim
Ë toque suave ,
é brisa leve ,
é vento agitado,
é acoite que arremete e corta .
Mas liberdade é assim e só a sente quem é livre .
Eu sou e não tenho que provar nada pra ninguém.
Catiaho 28 de agosto de 2007 17:12

Esse texto é integrante da obra Poesia no Ar de 1997
com registro na Biblioteca Nacional

Pesquisar este blog

Share |